662Making-of de Girls, do aespa

9 curiosidades sobre o kpop para quem não conhece a subcultura

O kpop possui características e, de certa forma, regras que organizam a composição dos grupos e fortificam sua imagem. Conheça algumas das curiosidades sobre o kpop que separamos, e entenda como ele é estruturado (e amado).

1. Audições

Antes de se tornarem artistas reconhecidos, pessoas anônimas são entrevistadas e passam por diversos testes nas famosas audições das empresas de kpop. Leva-se em consideração a aparência e condição física, e as habilidades de canto, dança e atuação.

Algumas empresas realizam audições duas vezes ao ano, podendo ocorrer até mesmo fora da Coreia do Sul. A SM, por exemplo, já realizou audições no Brasil, e hoje há artistas brasileiros em grupos de kpop graças a essas oportunidades.

2. Tempo de trainee

Depois de passar nas audições, começa o período de treinamento para esses futuros artistas, que pode durar muitos anos. É um processo cansativo e que exige apoio emocional.

Muitas vezes, um(a) trainee precisa dividir seu horário entre a escola e as práticas de dança, canto ou atuação. Por esse motivo, há quem desista dos estudos, mesmo com a incerteza de um futuro nos palcos.

3. Debut

A estreia de um novo grupo ou artista é um momento de ansiedade e euforia, igualmente ao período que o antecede. Novos e novas idols dão o seu melhor gastando toda a energia para conquistarem um mercado que é surpreendentemente competitivo.

Por isso, o debut é um dia muito importante, pois marca a primeira apresentação feita em programas de televisão e, ao longo dos anos, torna-se também uma data de aniversário especial para aqueles artistas.

4. MVs

Os MVs (music videos) têm papel fundamental na construção estética de artistas e de seus trabalhos. Afinal de contas, mostra a história daquela música através de elementos visuais.

É comum que as empresas lancem um curto vídeo, o teaser, ou fotos para promover um novo trabalho e, posteriormente, um clipe da música principal do álbum que vai promover esse trabalho. Seu número de visualizações é, inclusive, fator de pontuação para alguns prêmios como o first win.

5. Posições nos grupos

As posições de grupos de kpop servem para definir funções estratégicas de acordo com as melhores características e habilidades de cada um. Muitas vezes são complementos das saudações individuais, como mostra o vídeo acima.

Nem todo grupo opta por essa divisão, mas comumente há posições como:

  • Líder: quem direciona e orienta o grupo em todas as suas atividades, sendo, geralmente, o(a) integrante mais velho(a);
  • Face: quem é considerado(a) mais popular no grupo;
  • Visual: quem é considerado(a) mais atraente no grupo;
  • Center: quem geralmente fica no centro de coreografias, fotos e demais produções;
  • Maknae: quem é mais novo ou mais nova em um grupo;
  • Vocalistas: todos(as) divididos(as) por ordem de maior participação em “principal”, “líder” e “de apoio”;
  • Rappers: quem faz rap, divididos(as) por ordem de maior participação em “principal”, “líder” e “de apoio”;
  • Dançarinos(as): todos(as) divididos(as) por ordem de maior participação em “principal” e “líder”.

6. Fanchant

Algo muito importante para acompanhar cada comeback, especialmente na Coreia, é saber o fanchant de cada trabalho que está sendo promovido. Sendo assim, o fanchant nada mais é do que um complemento para a canção, com frases de incentivo, listagem dos nomes de integrantes e repetição das letras das músicas.

7. Fandom

O fandom nada mais é do que o grupo de fãs que apoia os trabalhos de um artista. No kpop, há algumas particularidades como o nome e a cor do fandom. Isso quer dizer que há uma escolha de nome oficial, como mostra o vídeo acima, além de uma definição de uma ou mais cores que irão representar essa união de amor.

8. Kpop ocean

Com essa definição de cores, há outra imagem de encher os olhos chamada de “kpop ocean“. Essa é uma linda forma de demonstrar apoio, pois acontece durante os shows, quando as luzes dos lightsticks se unem para colorir pistas e arquibancadas.

Algumas empresas aproveitam de seus modelos mais atualizados e controlam a emissão dessas luzes criando um espetáculo à parte. É um sonho para todo fã entrar nessa onda.

9. Gerações do kpop

Por fim, o kpop é fruto da paixão sul-coreana pelo hip-hop e a vontade de abordar assuntos cotidianos nas músicas. Foi assim que surgiu, em 1992, e devido às mudanças sociais, também foi se moldando com o passar dos anos.

Por isso, há uma divisão das gerações do kpop de acordo com características específicas:

  • 1ª geração: de 1992 a 2002, grupos como S.E.S e H.O.T;
  • 2ª geração: de 2003 a 2011, grupos como Big Bang e Wonder Girls;
  • 3ª geração: de 2012 a 2016, grupos como Blackpink e BTS;
  • 4ª geração: de 2017 em diante, grupos como Ciipher e Purple Kiss.

Há muitas outras curiosidades sobre o kpop e, por isso, indicamos outra matéria que pode complementar suas buscas, e que explica os significados de termos do kpop. Portanto, boa leitura e descoberta!

Bru
Bru

Designer de marcas e produtora de conteúdo. Apaixonada por cores, jogos e, é claro, pelo kpop. Meu grupo preferido é o SHINee e meu bias utt é o Taemin.