486

6 MVs sobre empoderamento feminino para celebrar o Dia Internacional da Mulher

O ato de empoderar uma mulher está ligado a uma transformação do meio em que vivemos, permitindo que tenhamos consciência de nossos direitos e que a educação sobre esse assunto interrompa todo e qualquer tipo de violência. No kpop, há muitas artistas que levantam esses questionamentos em seus trabalhos e ajudam a defender que meninas e mulheres devem ter seus direitos a educação, saúde e respeito preservados. Veja alguns MVs sobre empoderamento feminino a seguir.

1. No Oh Oh – CLC

O respeito deve ser ensinado na infância, quando educamos nossas crianças sobre não invadirmos o espaço uns dos outros. Na música acima, o CLC ajuda meninas a identificarem uma atitude abusiva e/ou de assédio, lhes mostrando uma saída ao alertarem alguém de confiança sobre essa situação e reforçando que não é não.

2. Don’t Teach Me – Ailee

Nessa música, a cantora Ailee abordou um tema conhecido como “mansplaining“, que é a intenção machista de explicar a uma mulher sobre algum assunto desconsiderando sua bagagem e capacidade intelectual. Em “Don’t Teach Me”, a mensagem é clara quando ela diz “não me ensine… não me julgue”.

3. I don’t need a man – miss A

“I don’t need a man” ou “eu não preciso de um homem” não é uma frase de ódio, mas serve, na verdade, para dizer a outras mulheres que elas podem fazer tudo o que quiserem sem precisarem da ajuda de um homem. Na letra, o grupo afirma que qualquer mulher pode ter um bom emprego, pagar suas contas e ser feliz cuidando de si mesma.

4. Girls On Top – BoA

Em 2005, a cantora BoA deixava um recado que desprendia as mulheres de quaisquer padrões de comportamento, afirmando que deveriam tomar seus espaços sendo quem são e não quem os outros querem que sejam.

A canção também fala brevemente sobre o abuso financeiro. Esse tipo de assédio muitas vezes faz com que um homem tente provar seu poder sobre uma mulher através do dinheiro, desmerecendo e desrespeitando o seu direito à liberdade financeira.

5. Yes I am – Mamamoo

Outra questão voltada ao empoderamento feminino fala sobre o respeito aos nossos corpos e suas diferenças. Devido aos padrões estabelecidos pela mídia coreana, em “Yes I Am” as integrantes do Mamamoo citam vários aspectos que vão contra essas “regras”, mas que as deixam verdadeiramente felizes, como a liberdade de usarem as roupas que quiserem, não usarem maquiagem e até mesmo sua opção em não fazerem cirurgias estéticas como a popular V-line.

6. Dear Me – Taeyeon

Muitas questões externas podem colocar mulheres em situações de inferioridade, mas há ferramentas simples e eficazes para nos empoderarmos como o amor e a compaixão por nós mesmas. Em “Dear Me”, Taeyeon simplifica um ato que toda mulher deveria fazer por si, dizendo “eu me amo, eu confio em mim”.

Essas poucas, ainda assim sinceras palavras, revelam que a força vive dentro de nós e que precisamos nos conectar com ela reafirmando nossas qualidades e pontos positivos sempre que possível e necessário.

Por fim, para saber mais sobre esse tema, a ONU disponibiliza, em sua cartilha sobre a ODS, o objetivo 5, cuja proposta é alcançar a igualdade de gênero para vivermos em um mundo melhor. Considere essa e outras leituras sobre o tema também. E um feliz Dia da Mulher!

Bru
Bru

Designer de marcas e produtora de conteúdo. Apaixonada por cores, jogos e, é claro, pelo kpop. Meu grupo preferido é o SHINee e meu bias utt é o Taemin.